Associação dos Mecânicos de Vôo da Varig
Quarta-Feira, 13 de Dezembro de 2017

21/02/2010

Notícias Anteriores

Folha de São Paulo
21/02/2010

Greve de pilotos faz Lufthansa cancelar oito voos no Brasil
Passageiro pode pedir reembolso, remarcação ou bilhete para outra empresa
DA REDAÇÃO

A greve de pilotos da companhia alemã Lufthansa, programada para esta semana, provocou o cancelamento de oito voos em que o Brasil é origem ou destino -quatro saídos de São Paulo, e quatro, de Frankfurt ou Munique. No mundo, cerca de 800 voos diários foram cancelados "de forma preventiva", diz Jörg Waber, diretor de Comunicação para a América Latina da companhia.

Segundo Waber, o passageiro cujo voo foi afetado poderá ligar para a central de atendimento da empresa e, sem custos adicionais, remarcar a passagem, pedir o reembolso ou tentar ser encaixado no voo de outras companhias aéreas. O telefone para atendimento é (11) 3048-5800. Hoje, o plantão será das 9h às 14h.

O sindicato dos pilotos da Lufthansa convocou a greve, que vai de amanhã até quinta (pelo horário de Brasília, das 20h de hoje até as 20h de quinta), com o intuito de pressionar a empresa em favor de garantias de emprego para os pilotos. A entidade acusa a Lufthansa de usar em seus voos pilotos de outras companhias, que trabalham por salários menores e em piores condições.

A companhia aérea, a maior da Europa em receita, estima perdas de US$ 135 milhões com o cancelamento dos voos e considera entrar com medidas legais contra a paralisação, segundo o jornal "Financial Times". A última greve da categoria havia ocorrido em 2001.

 

 

Site R7
20/02/2010 - 20:42h

Turbulência em voo entre EUA e Japão fere 18 pessoas
Avião da United Airlines com 245 pessoas a bordo ia de Washington a Tóquio

Dezoito pessoas ficaram feridas por causa de uma forte turbulência registrada durante um voo entre Washington, nos Estados Unidos, e Tóquio, no Japão, informou neste sábado (20) a polícia japonesa.

O incidente ocorreu enquanto o avião passava sobre o Estado americano do Alasca.

A aeronave, um Boeing 747-400 da companhia United Airlines com 245 pessoas a bordo, foi atingida pela turbulência depois de sete horas de voo, informou um oficial no aeroporto Narita.

Imagens da televisão japonesa NHK mostraram socorristas retirando os feridos após a aterrissagem. Três pessoas estão hospitalizadas, uma delas com a perna fraturada.

Página Principal