Associação dos Mecânicos de Vôo da Varig
Quinta-Feira, 27 de Abril de 2017

10/06/2009

Notícias Anteriores

Agência Estado
10/06/09 às 13:32h
Ilhas Canárias

Airbus com pane no motor faz pouso de emergência
Avião com 180 pessoas apresentou problemas logo após decolagem

Um Airbus A320 teve problemas no motor pouco após decolar hoje (10) das Ilhas Canárias, e teve que retornar para fazer um pouso de emergência. A informação foi divulgada pela autoridade aeroportuária espanhola (AENA). Ninguém ficou ferido.

O avião da espanhola Iberworld levava 180 pessoas, entre passageiros e tripulantes, de Oslo, na Noruega, para Las Palmas, nas Canárias. A aeronave estava havia dez minutos no ar, segundo a AENA. Uma porta-voz da agência, Karen Martel, negou relatos sobre fogo na turbina, dizendo apenas que houve um problema até o momento não identificado.

A Iberworld informou em comunicado que o avião teve um "problema técnico" em um de seus motores, sem mais detalhes. Os passageiros seguiriam até outro aeroporto, quanto então tomariam o avião para Oslo.

 

 

Site Brasilturis
10/06/2009

Um caminho aéreo com problemas, a rota do AF 44710/06/2009« Ir para a lista de matérias
AE

Dois dias antes do acidente com o Airbus A330 da Air France, um avião B747 da Lufthansa enfrentou forte turbulência na mesma região. A revelação foi feita na edição da revista alemã Stern, citando relatos de passageiros do voo LH 507 que fazia a rota entre São Paulo e Frankfurt.

A Stern diz que várias pessoas ficaram feridas e que objetos voaram pela cabine do avião. A empresa alemã confirmou que o voo enfrentou turbulências, mas disse que apenas um passageiro ficou ferido na cabeça. Segundo a companhia, ele não teria apertado os cintos apesar de o aviso luminoso ter sido ativado.

A Lufthansa afirma que o piloto não reportou nada de anormal. O acidente teria ocorrido na mesma área em que o avião d e queda do avião da Air France.

Hoje, os comandos da Marinha e Aeronáutica informaram que o número de corpos resgatos subiu para 41 e que a fragata Bosísio segue em direção a Fernando de Noronha com mais 25 corpos a bordo, devendo chegar amanhã à ilha.

Já os 16 corpos que passaram por trabalhos preliminares de perícia, em Fernando de Noronha, chegarão à Base Aérea do Recife por volta das 15h, de onde seguirão para o Instituto Médico Legal (IML), para a etapa seguinte dos trabalhos de identificação.

 

 

Site Correio da Manhã - Portugal
10 Junho 2009 - 16h55

Tragédia da Air France
Passageiros suspeitos no voo 447

De acordo com a imprensa francesa, a bordo do airbus A 330 da Air France encontrar-se-iam dois pasageiros suspeitos de terem ligações com o terrorismo islâmico. O Estado Maior das Forças Armadas Francesas não confirmou esta informação.

A informação de que dois dos pasageiros a bordo tinham nomes coincidentes com dois suspeitos de ligações terroristas é veículada esta quarta-feira pelo jornal francês 'L'Express', entre outros órgãos, nomeadamente o diário britânico "The Sun".

Durante a semana passada, o ministro da Defesa francês, Hervé Morin não excluíiu a hipótese de terrorismo para explicar o desaparecimento do voo da Air France, afirmando que a França considerava "todas as possibilidades".

Após o desaparecimento do avião, as autoridades francesas enviaram para o Brasil agentes da Direcção Geral de Segurança Exterior e terá sido no Brasil que, ao verificarem a lista de passageiros, os agentes detectaram que dois deles coincidem com os nomes de dois radicais muçulmanos que são considerados uma ameaça para o Governo Francês.

Os agentes estarão agora a tentar estabelecer a data de nascimento destes dois passageiros e quais as suas raízes familiares.

Entretanto mais de 25 dos 41 corpos resgatados do Atlântico deverão chegar esta quinta-feira ao arquipélago Fernando de Noronha. As buscas prosseguem com o apoio do submarino francês nuclear ‘Emeraude’ e de mais cinco navios, enviados pelo Governo Francês. Em conjunto com o apoio americano e brasileiro, a prioridade é resgatar corpos mas também as caixas negras.

As equipas de busca transportaram para terra vários pertences das vítimas, nomeadamente bolsas, malas e peças de roupa.

Página Principal