Associação dos Mecânicos de Vôo da Varig
Sábado, 24 de Junho de 2017

08/07/2009

Notícias Anteriores

Mercado e Eventos
08/07/2009

Tap Cargo comemora crescimento em 2008 e tem boas expectativas para este ano

A companhia aérea Tap Cargo atingiu em 2008 um faturamento recorde de 128 milhões de euros, que representam um crescimento de 15% em relação ao ano anterior.

José Anjos, diretor da empresa, destaca alguns dos fatos mais importantes de 2008 "Foram aumentadas as operações em cargueiros B747 de Lisboa e Porto com destino a Luanda. A produção total da Tap em voos cargueiros aumentou 80% em relação ao ano anterior".

O diretor acrescenta os objetivos da companhia para este ano: "O nosso desejo para 2009 é, em primeiro lugar, o de ajudar a Tap a dar resposta aos grandes desafios que atravessamos sempre de forma sustentável e bem apoiada numa estrutura de recursos humanos motivada e atuante, de forma a reduzir os efeitos da crise".

 

 

Folha de São Paulo
08/07/2009

Encomendas de aviões à Embraer voltam a crescer
DA AGÊNCIA FOLHA, EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

Depois de dois trimestres seguidos de queda, o valor da carteira de encomendas firmes da Embraer voltou a subir: fechou o segundo trimestre avaliada em US$ 19,8 bilhões, ante US$ 19,7 bilhões no trimestre anterior. Na comparação com igual período de 2008, no entanto, encolheu 2,5%. Foram 56 aeronaves entregues -quatro a mais do que no segundo trimestre do ano passado. Em 2009, a Embraer prevê entregar até 242 aeronaves, o que seria superior a 2008 (204 aviões), mas 30% inferior ao estimado antes da crise. A redução na previsão foi a justificativa para a demissão de 4.200 funcionários.

 

 

Folha de São Paulo
08/07/2009

RYANAIR ESTUDA TRANSPORTE DE PASSAGEIROS EM PÉ

A companhia irlandesa, conhecida por seus baixos custos, disse que negocia com a Boeing a fim de adaptar suas aeronaves para que tenham "assentos verticais" -haveria alguma espécie de encosto. O presidente da empresa, Michael O'Leary, afirmou ser possível "tirar cinco ou seis fileiras e falar para os passageiros: "Você quer ir de pé? Se quiser, você pode viajar de graça'".

 

 

Folha de São Paulo
08/07/2009

VOO 447
França quer tapar "buraco negro" do Brasil ao Senegal
ENVIADO ESPECIAL A PARIS
DA AGÊNCIA FOLHA, EM RECIFE

O presidente francês Nicolas Sarkozy, em encontro com Lula, anunciou ontem que discutirá com o Senegal como eliminar o "buraco negro de comunicações entre Recife e Dacar". A falha ficou em evidência com a queda do voo 447 da Air France.

A investigação francesa indicou que os controladores brasileiros tentaram passar o monitoramento do voo para os senegaleses, mas não tiveram resposta imediata. Não foi a causa da queda, mas pode ter retardado o início das buscas.

No Recife, a Polícia Federal e a Secretaria da Defesa Social retificaram o número de corpos resgatados -de 51 para 50.

 

 

O Estado de São Paulo
08/07/2009

Gol fecha acordo com a American Airlines

A Gol anunciou ontem a assinatura de um acordo de milhagem recíproco com a American Airlines, que permitirá aos clientes do Smiles, da Gol, e AAdvantage, da American, acumular e trocar milhas por bilhetes nas duas empresas. A parceria inclui a efetivação de um code share (compartilhamento de voos). Em comunicado enviado à CVM, a Gol observa que a American é a companhia aérea com a maior oferta de frequências semanais entre o Brasil e os EUA.

 

 

O Estado de São Paulo
08/07/2009

Perícia confirma 50 mortes por impacto no oceano
Politraumatismo causou óbitos; 2 fragmentos pertenciam ao mesmo corpo
Angela Lacerda, RECIFE

Todas as vítimas resgatadas do voo 447 da Air France sofreram politraumatismo - morreram com o impacto do avião no oceano. "O que podemos constatar é que as lesões por impacto determinaram por si só a causa da morte", ressaltou o gestor de Polícia Científica da Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco, Francisco Sarmento, que apresentou ontem um balanço dos trabalhos da força-tarefa montada em conjunto com a Polícia Federal.

O número de vítimas resgatadas foi reduzido de 51 para 50. De acordo com o perito da PF Carlos Eduardo Palhares, um fragmento de corpo foi vinculado a uma das vítimas há uma semana. Esse corpo faz parte dos sete ainda não identificados. Dos 50, 43 foram identificados - 17 de brasileiros.

Sobre a possibilidade de morte por afogamento, após o choque com o oceano - ou asfixia, por despressurização, Sarmento destacou não existirem ainda elementos. Outro ponto que pode ajudar a investigação - a posição de cada passageiro no A330 - foi repassado à Aeronáutica. Ainda segundo os técnicos, 10 corpos estavam sem nenhuma veste e 40 tinham algum tipo de roupa. Vinte e oito não tinham nenhum pertence e os outros 22 estavam com algum objeto: anel, aliança, relógio ou colar, por exemplo.

Sobre as reclamações do BEA, órgão francês encarregado de investigar as causas da queda, de atraso nos trabalhos, os integrantes da força-tarefa explicaram que o laudo final só deve ser encaminhado em 20 dias. Até agora, nenhum pedido formal de informações foi feito pela embaixada francesa.

PRÍNCIPE

Mais três vítimas do voo 447 da Air France foram sepultadas. O corpo do príncipe Pedro Luis de Orleans e Bragança, de 26 anos, foi enterrado em Vassouras, no sul fluminense, na segunda-feira. Antes do sepultamento, houve uma missa na Igreja Matriz de Vassouras, que reuniu amigos e parentes. Já em Niterói (RJ) foi sepultada ontem Adriana Francisca Van Sluijs, no Cemitério Parque da Colina. Ela era assessora de comunicação corporativa da área internacional da Petrobrás. Mais à tarde, em Conselheiro Lafaiete (MG), houve o enterro do engenheiro Marco Antônio Camargos Mendonça, de 44 anos, diretor da área de Manganês e Ligas da mineradora Vale.

 

 

O Estado de São Paulo
08/07/2009

França e Brasil cobram Senegal
André Lachini

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, enviou o ministro da Cooperação, Alain Joyandet, a Dacar, no Senegal, para conversar sobre comunicações aéreas. "Existe um buraco negro. Isso não é normal", disse ontem, ao lado do presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva. Investigadores franceses relataram na semana passada que o voo 447 fracassou três vezes em fazer contato com Dacar. "Especialistas franceses, brasileiros e senegaleses vão descobrir o que pode ser feito."

Página Principal